0003a8z4

 

Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
31

0003d2fw

"Sou feliz, obrigada..."

Páscoa 23 de Março

DIA DA MULHER : ELA É O M...

Desabafo... :(

Olá... Ano Novo Vida NOva...

"Call Girl" Filme de suge...

Parabens!!

Mês de natal...Será??

Colonia de ferias da torr...

Quim Roscas & Zeca Estaci...

Prémio da amizade

Lagrima...

0003effg

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

0003qyay

blogs SAPO
Sábado, 22 de Janeiro de 2005

...CARNAVAL...

05.jpg
Olá! Amiguinhos, pois é o CARNAVAL ja ta quase ai á porta. Já tens o teu fato de carnaval?
Se ainda nao tens é melhor começares a procurar pois é já dia 8 de Fevereiro.
publicado por _estrelinha_ às 11:59
link do post | comentar | favorito

Coragem!!!

pato.gif

Diz uma antiga lenda que um camundongo vivia angustiado com medo do gato.
Um mágico teve pena dele e tranformou-o num gato.
Mas aí ele ficou com medo do cão...
Por isso o mágico transformou numa pantera.
Então ele começou a temer os caçadores.
A essa altura o mágico desistiu e transformou-o em camundongo novamente e disse.
Nada que eu faça por você vai ajudá-lo porque você tem apenas a coragem de um camundongo.
É preciso coragem para romper com o projeto que nos é imposto.
Mas saiba que coragem não é a ausência do medo e sim a capacidade de avançar apesar do medo.
Caminhar para frente, enfrentar adiversidades vencendo os medos...
É isso que devemos fazer.
Não podemos nos derrotar, nos entregar por causa dos medos.

ana maria braga
publicado por _estrelinha_ às 11:45
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2005

Falhas...

viva.gif

Vamos falar de falhas? Quem não tem?
Uma das coisas que fascina na cidade de San Francisco, é ela estar localizada sobre a falha de San Andreas, um desnível no terreno da região que provoca pequenos abalos sísmicos de vez em quando e grandes terremotos de tempos em tempos
Você está deslumbrado caminhando pela cidade, apreciando a arquitetura, a baía... A ponte , e de uma hora para outra pode perder o chão, ver tudo sair do lugar, ficar tontinho, tontinho. É pouco provável que vá acontecer justo quando você estiver lá, mas existe a possibilidade, e isso amedronta mas ao mesmo tempo excita, vai dizer que não?
Assim são também as pessoas interessantes: têm falhas. Pessoas perfeitas são como Viena, uma cidade quase perfeita. Linda, sem fraturas geológicas, onde tudo funciona e você quase morre de tédio.
Pessoas, como cidades, não precisam ser excessivamente bonitas. É fundamental que tenham sinais de expressão no rosto, um nariz com personalidade, um vinco na testa que as caracterize.
Pessoas, como cidades, precisam ser limpas mas não a ponto de não possuírem máculas. É importante suar na hora do cansaço, ter também um cheiro próprio, uma camiseta velha para dormir, um jeans quase transparente de tanto que foi usado, um batom que escapou dos lábios depois de um beijo, um rímel que borrou um pouquinho quando você chorou.
Pessoas, como cidades, têm que funcionar, mas não podem ser previsíveis. De vez em quando, sem abusar muito da licença, devem ser insensatas, ligeiramente passionais, demonstrarem um certo desatino, ir contra alguns prognósticos, cometer erros de julgamento e pedir perdão depois, pedir perdão sempre, para poder ter crédito e errar outra vez.
Pessoas, como cidades, devem dar vontade de visitar, devem satisfazer nossa necessidade de viver momentos sublimes, devem ser calorosas, ser generosas e abrir suas portas, devem nos fazer querer voltar, porém não devem nos deixar 100% seguros, nunca. Uma pequena dose de apreensão e cuidado devem provocar.
Nunca devem deixar os outros esquecerem que pessoas, assim como cidades,têm rachaduras internas, portanto podem surpreender...
Falhas...
Agradeça as suas, que é o que humaniza você, e fascina os outros

ana maria braga
publicado por _estrelinha_ às 15:00
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2005

...

imag_pedacinhodoceu.gif
publicado por _estrelinha_ às 19:26
link do post | comentar | favorito

HISTÓRIA:

oimigos.gif

Um dia, quando eu era caloiro na escola, vi um miúdo da minha turma a caminhar para casa depois da aula. O nome dele era Kyle. Parecia que estava a carregar os seus livros todos. Eu pensei: "Por que e que leva para casa todos os livros numa sexta-feira ? Ele deve ser mesmo um C. D. F (Marrão). Como já tinha o meu fim de semana planeado (festas e um jogo de futebol com meus amigos no sábado a tarde), encolhi os ombros e segui o meu caminho. Conforme ia caminhando, vi um grupo de miúdos a correr na direcção dele. Eles atropelaram-no, arrancando-lhe todos os livros dos braços e empurraram-no, de forma que ele caiu no chão. Os seus óculos voaram, e eu vi-os aterrarem na relva a alguns metros de onde ele estava. Ele ergueu o rosto e eu vi uma terrível tristeza nos olhos dele. O meu coração penalizou-se por ele. Então, corri ate ele enquanto ele gatinhava a procura dos óculos, e pude ver uma lágrima no olho dele. Enquanto lhe entregava os óculos, eu disse: "Aqueles tipos são uns parvos. Eles deviam era arranjar uma vida própria". Ele olhou para mim e disse, Ei, obrigado!".Havia um grande sorriso na sua face. Era um daqueles sorrisos que realmente mostram gratidão. Eu ajudei-o a apanhar os livros, e perguntei-lhe onde morava. Por coincidência ele morava perto da minha casa, então eu perguntei como e que nunca o tinha visto antes. Ele respondeu que antes frequentava uma escola particular. Conversamos todo o caminho de volta para casa, e carreguei-lhe os livros. Ele revelou-se um miúdo muito porreiro. Perguntei-lhe se queria jogar futebol no Sábado comigo e com os meus amigos, ele disse que sim. Ficamos juntos todo o fim de semana e quanto mais eu conhecia Kyle, mais gostava dele. E os meus amigos pensavam da mesma forma. Chegou a segunda-feira, e lá estava o Kyle com aquela quantidade imensa de livros outra vez. Parei-o e disse, "Diabos, pa, vais ficar realmente musculoso a carregar uma pilha de livros dessa todos os dias!". Ele simplesmente riu e entregou-me metade dos livros. Nos quatro anos seguintes Kyle e eu tornamos-nos melhores amigos. Quando nos estávamos a formar começamos a pensar na faculdade. Kyle decidiu ir para Georgetown, e eu ia para a Duke. Eu sabia que seríamos sempre amigos, que a distancia nunca seria um problema. Ele seria medico, e eu ia tentar uma bolsa escolar na equipa de futebol. Kyle era o orador oficial da nossa turma. Eu provocava-o o tempo todo por ele ser um C. D. F. Ele teve que preparar um discurso de formatura. Eu estava super contente por não ser eu a subir no palanque e discursar. No dia da Formatura eu vi Kyle. Ele estava óptimo. Era um daqueles tipos que se encontram durante a escola. Ele estava mais encorpado e realmente tinha uma boa aparência, mesmo usando óculos. Ele saia com mais miúdas do que eu, e todas as raparigas o adoravam! As vezes eu ate ficava com inveja. Hoje era um desses dias. Eu podia ver o quanto ele estava nervoso por causa do discurso. Então dei-lhe uma palmadinha nas costas e disse: "Ei, moço, vais-te sair bem!". Ele olhou para mim com aquele olhar (aquele olhar de gratidão) e sorriu. "Valeu", disse ele. Quando ele subiu ao oratório, limpou a garganta e começou o discurso: "A Formatura é uma época para agradecermos aqueles que nos ajudaram durante estes anos duros. Aos pais, aos professores, aos irmãos, talvez ate a um treinador. Mas principalmente aos amigos. Eu estou aqui para lhes dizer ser um amigo para alguém e o melhor e que se pode dar. Eu vou-lhes contar uma historia". Eu olhei para o meu amigo sem conseguir acreditar enquanto ele contava a historia sobre o primeiro dia em que nos conhecemos. Ele tinha planeado suicidar-se naquele fim de semana. Contou a todos como tinha esvaziado o seu armário na escola, para que a Mãe não tivesse que fazer isso depois de ele morrer, e estava a levar as suas coisas todas para casa. Ele olhou directamente no meus olhos e deu-me um pequeno sorriso. Felizmente eu fui salvo. O meu amigo salvou-me de fazer algo inominável". Eu observava, nó na garganta, todos na plateia, enquanto aquele rapaz popular e bonito contava a todos sobre aquele seu momento de fraqueza. E vi a mãe e o pai dele a olhar para mim e a sorrir com aquela mesma gratidão. Ate aquele momento eu nunca me tinha apercebido da profundidade do sorriso que ele dirigiu naquele dia. Nunca subestimes o poder das tuas acções. Com um pequeno gesto podes mudar a vida de uma pessoa. Para melhor ou para pior. Deus coloca-nos a todos nas vidas uns dos outros para que tenhamos um impacto um sobre o outro de alguma forma. Procura o bem nos outros.

enviado por mail...
publicado por _estrelinha_ às 11:34
link do post | comentar | favorito

Mude a maneira de agir...

bomdia23.gif

Vamos aproveitar logo o comecinho do ano pra mudar algumas maneiras de agir que não se percebem mas fazem mal a saúde!
Depois você nem sabe porque dói aqui...
Dói ali...
Dói acolá...
Se não quiser adoecer 'fale de seus sentimentos'...
Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até as células.
Então vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados.
O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia.
Terapeutas, psicanalistas, psicoterapeutas fazem este trabalho.
Se não quiser adoecer 'tome a decisão'...
A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões.
Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de doenças de pele.
Se não quiser adoecer 'não viva de aparências'...
Quem esconde a realidade, finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso...
Uma estátua de bronze, mas com pés de barro...
Nada pior para a saúde que viver de aparências. Se não quiser adoecer - 'não viva sempre triste' - o bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive.
'O bom humor nos salva das mãos do doutor'.
Alegria, positivismo, é saude é terapia.

ana maria braga
publicado por _estrelinha_ às 11:32
link do post | comentar | favorito